Quais são os diferentes tipos de rede blockchain?
Home > Quais são os diferentes tipos de rede blockchain?
Mariana Scabello
nov 15, 2022 7 mins read

Quais são os diferentes tipos de rede blockchain?

Quando pensamos na tecnologia blockchain, normalmente imaginamos um banco de dados de informações distribuído entre uma grande rede de computadores ou nós. Essa é uma representação precisa do que é uma blockchain, mas nem todas as redes blockchain operam da mesma maneira. Enquanto algumas, como as construídas para projetos descentralizados, são abertas e públicas, outras são privadas.

Neste guia da AAG Academy, ensinaremos as diferenças entre os vários tipos de rede blockchain atualmente em uso, bem como por que essas diferenças existem em primeiro lugar. Também veremos algumas das maiores e mais populares blockchains atualmente em operação.

O que são redes blockchain?

Embora existam vários tipos diferentes de rede blockchain, a tecnologia subjacente para todas elas é essencialmente a mesma. Todas as blockchains consistem em um banco de dados ou livro-razão digital que é distribuído entre todos os computadores ou nós que compõem a rede. Cada participante (computador) executa o mesmo software e tem acesso aos mesmos dados.

O que torna um banco de dados blockchain diferente de um banco de dados tradicional é como seus dados são estruturados. Em vez de serem armazenados em tabelas, os dados da blockchain – como o nome sugere – são armazenados em blocos, que se vinculam para formar a cadeia completa. Cada bloco pode carregar uma determinada quantidade de dados e, quando estiver cheio, é fechado e não pode ser editado.

Essa estrutura é o que permite que um banco de dados blockchain seja distribuído e totalmente descentralizado, pois não precisa ser armazenado em um local central. No entanto, como mencionamos, nem toda blockchain é totalmente aberta ao público e acessível a qualquer pessoa. Algumas são privadas e, portanto, acessíveis apenas a usuários autorizados.

De longe, o uso mais comum da tecnologia blockchain hoje é a criptomoeda, que a utiliza para armazenar um registro completo de todas as transações que é permanente e visível para qualquer pessoa. No entanto, nos últimos anos, a tecnologia abriu caminho para outras indústrias – como saúde e medicina – que utilizam blockchains para armazenar outros tipos de informações.

Diferentes tipos de redes blockchain

Existem quatro tipos principais de rede blockchain, que são:

Blockchain pública
As blockchains públicas são completamente descentralizadas e qualquer pessoa com o hardware certo e os recursos de internet podem se juntar a elas e visualizar os dados. Essas são algumas das blockchains mais comuns existentes na indústria de criptomoedas e são a espinha dorsal de alguns dos maiores projetos, incluindo Bitcoin e Ethereum.

Blockchain privada
As blockchains privadas são essencialmente o oposto das blockchains públicas, pois são centralizadas e controladas por uma autoridade. Somente usuários autorizados podem se tornar participantes da rede e acessar os dados. Blockchains privadas são mais comumente usadas em setores como serviços financeiros, saúde e varejo.

Blockchain híbrida
As blockchains híbridas, às vezes conhecidas como blockchains permissionárias, combinam elementos públicos e privados. O quão públicas ou privadas elas serão depende da blockchain, mas é importante observar que não são totalmente abertas para todos.

Blockchains de consórcio
As blockchains de consórcio, às vezes chamadas de blockchains federadas, são semelhantes às blockchains híbridas. A principal diferença é que as blockchains de consórcio permitem que várias entidades privadas, controlem e colaborem na mesma rede, em vez de apenas uma.

Como as redes blockchain são protegidas?

Para proteger todas essas informações, as blockchains usam segurança criptográfica. Isso envolve atribuir a cada bloco da cadeia um identificador exclusivo, conhecido como hash, criado pela resolução de cálculos complexos. O hash é determinado em parte pelos dados que carrega, portanto, se os dados mudarem, o hash também mudará. Isso tornaria o bloco irreconhecível para a blockchain.

Em outras palavras, um bloco, uma vez fechado, não pode ser adulterado por um indivíduo ou grupo porque isso simplesmente faria com que o bloco fosse rejeitado. Cada participante da rede precisaria estar envolvido em um ataque para que fosse bem-sucedido. Isso dá às blockchains uma grande vantagem sobre os bancos de dados centralizados, que são alvos muito mais fáceis de violar.

Por que existem diferentes tipos de redes blockchain?

Como mencionamos brevemente acima, a tecnologia blockchain não é mais usada exclusivamente pela indústria descentralizada de criptomoedas. Também chegou a um número crescente de indústrias centralizadas, muitas das quais não têm ou não podem ter as mesmas opiniões sobre transparência. Assim, diferentes tipos de redes blockchain foram desenvolvidas para atender a diferentes necessidades.

Por exemplo, no setor de saúde, a tecnologia blockchain agora está sendo usada para armazenar dados de pacientes e torná-los acessíveis a diferentes setores, como hospitais, laboratórios, farmacêuticos e médicos. Esses dados devem permanecer completamente confidenciais e, portanto, apenas uma blockchain privada acessível a alguns poucos selecionados é adequada.

Quantas redes blockchain existem?

Embora seja difícil rastrear exatamente quantas redes blockchain estão em uso, em setembro de 2020, a estimativa era de mais de 1.000 redes ativas. Juntas, elas suportam mais de 80 milhões de usuários e registraram quase 700 milhões de transações no valor de quase US $12 bilhões.

Espera-se que esses números cresçam nos próximos anos, à medida que a criptomoeda, a Web3 e a própria tecnologia blockchain se tornarem ainda mais populares e as indústrias continuarem a reconhecer os benefícios que esta tecnologia oferece. Até 2030, o valor de todas as blockchains deve chegar a US $3,1 trilhões.

Lista de redes blockchain

Com mais de 1.000 redes blockchain em uso hoje, seria impraticável listar todas aqui. Aqui está uma lista das 10 mais notáveis, seja por seu valor, sua popularidade ou por sua importância na indústria:

  • Bitcoin
  • Ethereum
  • Solana
  • Avalanche
  • Cardano
  • Ripple
  • IBM Blockchain
  • Polkadot
  • Tezos
  • Stellar

Referências

Perguntas Frequentes

Bitcoin e Ethereum são as principais redes blockchain em termos de valor de mercado.

É difícil encontrar uma lista completa de redes blockchain ativas, pois há muitas para acompanhar, e algumas delas são privadas e podem não ser conhecidas fora da organização que as utiliza. No entanto, a Dataconomy possui uma lista das “melhores” redes blockchain com base na sua relevância atual.

As redes blockchain, por sua própria natureza, não são hospedadas por uma entidade, mas sim por uma rede de computadores ou nós. No entanto, algumas redes blockchain — como redes privadas, híbridas e de consórcio — podem ser controladas por uma única entidade ou por um pequeno grupo delas.

Was this article helpful?
YesNo

Ainda tem alguma dúvida? Pergunte no nosso Discord

Compartilhe esse Artigo:

Sobre o autor

Mariana Scabello
Country Manager
Brazil
Tradutora interna da AAG para comunidade da língua portuguesa, criadora de conteúdo e experiente no mundo editorial.

Aviso Legal

Esse artigo foi feito para divulgar informações gerais para ajudar a educar um segmento amplo do público; não deve servir como informações de investimento, legais, ou como qualquer outro tipo de recomendação profissional ou empresarial. Antes de tomar quaisquer ações, você deve sempre consultar seu próprio profissional legal de finanças, de imposto, de investimento ou qualquer profissional que possa dar recomendações em assuntos que afetem a você e seu negócio.

Explore Web3 & Metaverses intuitively with MetaOne®
Download

Seja o primeiro a receber notícias

Seja o primeiro a receber a newsletter sobre nossa empresa, com atualização de produtos e de mercado.

🍪
We use cookies to make your experience better. Learn more: Privacy Policy
Accept

Explore Web3 & Metaverses intuitively with MetaOne®

Download
Download MetaOne